!!!!! PREFEITO EDUARDO PAES É BISSEXUAL !!!!!!


DIVÓRCIO RELÂMPAGO !!!!!



 A primeira dama do Rio, Cristine Paes,
"METEU O PÉ-NA-BUNDA" do prefeito Eduardo Paes.



O divórcio foi rápido. Também, quem quer um marido BISSEXUAL ????  Todo mundo já sabia, "até os mendingos e moradores de rua". Fui moradora de rua ..... Estes se referem ao Eduardo Paes como: O PREFEITO BICHINHA !!!



No dia 02 de janeiro de 2013, na posse de Eduardo Paes, os dois ainda eram fotografados juntos, "como casal feliz".
  

A primeira-dama, Cristine Paes, de vestido na cor nude, com cintura bem baixa e saia de babado único franzido, no mesmo estilo do vestido da filha, só que a bainha da mamãe era mais curta. O menino também seguiu o look do pai Eduardo: de gravata azul e terno escuro, com paletó aberto.



21 de abril de 2013 .....

O prefeito do Rio vive um dia de cidadão comum

Eduardo Paes passeia com filhos no shopping - AgNews
O prefeito do Rio, Eduardo Paes esteve neste sábado no shopping Fashion Mall na zona sul do Rio para passear com seus dois filhos.


Eduardo não demorou muito, fez algumas compras e deixou o centro de compras ao lado das crianças.
 

Eduardo, atualmente está no PMDB, e cumpre seu segundo mandato como prefeito da cidade maravilhosa, tem 43 anos e é divorciado.




----------------------------------

O povo nunca vai votar numa "BICHA"
o povo só vota em pai de família.


Qualquer um no mundo da política carioca sabe que o prefeito do Rio Eduardo Paes "namora" o deputado federal Pedro Paulo.



Pedro Paulo  e Eduardo Paes são amantes desde a época de faculdade, depois que Paes entrou na política pela porta mais larga (sub-prefeito), e viu a molezinha que era ganhar dinheiro trabalhando pouco,  ele "puxou" Pedro Paulo para a "bocada" pela mesma porta larga, deu-lhe o cargo de sub-prefeito da Barra e Jacarepaguá (a mesma que Paes começou), mas não sem antes o ceder o cargo mais bem remunerado de seu gabinete em 1991. 


Mas Paes já o empregava desde a epoca em que era vereador (1997), e como podemos perceber ao ver a linha do tempo da carreira política de Pedro Paulo (veja aqui), ele sempre foi "puxado" por Paes onde quer que o atual prefeito se metesse. 

Dizem as más línguas que Eduardo Paes é muito ciumento e que manter Pedro Paulo por perto era estratégico. Este ciúme não diminuiu nem com o casamento de fachada a que se submeteu após muitos conselhos de políticos como César Maia e Sérgio Cabral: 

"o povo nunca vai votar numa bicha, o povo só vota em pai de família."

Nisso eles têm razão. Povo cristão é povo homofóbico, logo, manobrável pelos pastores evangélicos e  padres. O poder de manobra da igreja cristã mostrou sua força nas últimas eleições, quando Gabeira tentou a prefeitura do RJ e Marina Silva a presidência. Para os clérigos estes tinham "vícios" inadimissíveis, o primeiro seria gay e a segunda racionalista, e pior que isso, ambos fomentariam o que mais gera pavor aos caciques religiosos do país: a melhoria da educação.






----------------------------------------------------------------------------



VÍDEO DE TURISMO GAY PATROCINADO PELA 
PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO !!!



Com dinheiro do contribuinte !!!!
 O povo "TRABALHA SUADO", para o prefeito Eduardo Paes, gastar o dinheiro público
PROMOVENDO DE TURISMO GAY.



------------------------------------------------------------------------------------------

A "HONRA" de ser o "NAMORADO" do prefeito !!!



Foto: Rafael Wallace/Alerj
edação SRZD | Eleições 2010 | 27/10/2008 15h05

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), anunciou na tarde desta segunda-feira (27) em entrevista ao RJTV o primeiro nome de seu secretariado: o deputado estadual Pedro Paulo (PSDB) será o chefe da Casa-Civil e coordenará o processo de transição do governo. Ao contrário do que havia afirmado durante a campanha, o primeiro secretário escolhido não foi o da Saúde.

Pedro Paulo contrariou a posição de seu partido, que apoiava a candidatura de Fernando Gabeira (PV), e desde o início da campanha apoiou Paes, de quem é amigo há muitos anos. O deputado foi chefe de gabinete de Paes na Câmara dos Vereadores em 1997, e substituiu o novo prefeito na Secretaria Municipal de Meio Ambiente em 2001.

"Eu vou nomear o deputado Pedro Paulo como secretário-chefe da Casa Civil. Ele também vai comandar o processo de transição. É um quadro qualificado, que me acompanha há muito tempo", afirmou Paes ao RJTV.





Em toda casa quem "MANDA" é a mulher. 
Na prefeitura do Rio não é diferente !!!!







NOTA DE ESCLARECIMENTO: Uma das estratégias de perseguição política usada pelo prefeito do Rio é "utilizar os fiscais da prefeitura" para para comprar ou forçar pessoas à atacarem Dênia Passos. 


O prefeito Eduardo Paes usou os "fiscais da prefeitura" para DESTRUIR o namoro dela com MANOEL. Este mesmo sendo apaixonado era obrigado a magoa-la e humilha-la. Um exemplo disso, foi ter provocado o fim do namoro no NATAL e abandonar o casarão às escondidas entreo NATAL e o ANO NOVO. Depois disso Manoel adoceu e Dênia Passos foi cuidar dele. Mas a harmonia durou pouco!


MANOEL é camelô e não tem licença, se não acatar as ordens, ficará  DESEMPREGADO !








































-------------------------------------------------------------







RELATOS SOBRE A VIDA DE DÊNIA PASSOS DE QUANDO FOI MORADORA DE RUA.



Dênia Passos retornou para a ALERJ,  o anexo foi invadido por "ladrões armados com facas", fumam maconha e cheiram a noite toda, por isso ela e o colega Maguila, foram dormir na sede da ALERJ (sede), Palácio Tiradentes.




ATENÇÃO: Todos aqueles moradores de rua que no momento estão dormindo na ALERJ (anexo) são ladrões e estão armados !!!! O branquinho magro é o tal do CRISTIANO, que passou 13 anos no BANGU em regime fechado. Não saia  nem no NATAL !!!



--------------------------------------------------------------------------------------




Após inúmeros "ataques" nas madrugadas, por vagabundos drogados e alcoolizados, Dênia Passos passou a dormir na HOSPEDARIA LEDO, quarto 55,  na Praça Tiradentes.



------------------------------------

Os guardas municipais "EXPULSARAM" Dênia Passos pela 2º vez da ALERJ. Isso ocorreu às 02 da madrugada.



Dessa vez, eles não subiram a escadaria, para não serem filmados! Ficaram à distância dentro do carro, fazendo gestos para Dênia Passos e seu colega irem embora !!!!

Os guardas municipais "CONTRATARAM 06 PIVETES" cheirando tiner, para fazerem terror no calçadão da ALERJ. Já chegaram ameaçando  "cortar toda a cara de Dênia Passos"

O grande detalhe: Umas 23:30 os guardas foram embora. Dez (10) minutos depois chegaram os 06 pivetes cheirando tiner e botando terror. Após 01 hora , Dênia Passos já prevendo que ao dormir, seria assaltada, foi buscar um colega em outro ponto. Voltaram e se deitaram no calçadão. Uns 20 minutos depois os pivetes foram embora. E, 10 minutos depois os guardas municipais retornaram dando ordem para  Dênia Passos e seu colega irem embora.


... ou seja, foi tudo detalhadamente planejado....



Isso significa que o PREFEITO EDUARDO PAES pagou 06  pivetes para cheirarem tiner no calçadão da ALERJ. E, quem está contratou os pivetes, foram os próprios guardas municipais. É só dá 5 reais para cada pivete comprar uma pedra de KRAK e eles ficam satisfeitos.




---------------------------------------------------------------------------------------



PREFEITO EDUARDO PAES mandou os guardas municipais "EXPULSAREM" Dênia Passos da ALERJ.


(Tudo ocorreu na frente da "CÂMARA" que fica no poste )


Aproximadamente 01:00 horas,
 estavam todos dormindo, quando chegou 03 guardas municipais dando ordem para sair da ALERJ. Dênia Passos disse aos guardas, que a ALERJ tinha VÁRIOS SEGURANÇAS, e que estes permitiam que eles dormissem ali. Alguns até os cumprimentavam. Os guardas municipais não foram arrogantes, nem agressivos e disseram:


Por nós vocês podiam dormir aqui, mas recebemos ordens de nosso CHEFE para tirar vocês daqui. Se não cumprirmos as ordens, seremos suspensos !!!!!



Um homem branco observava tudo de longe, depois de algum tempo este aproximou-se para criticar os guardas. Esse homem foi reconhecido pelos moradores de rua, como CABO PAULO, policial militar. Este trabalha no batalhão da Praça XV, (ou Fórum). Os moradores de rua dizem que o CABO PAULO é muito ruim ! Cruel mesmo ! E que foi muito ESTRANHO ele ter ido lá defender os moradores de rua. Talvez tenha sido apenas um DISFARÇE. Que ele tenha sido o POLICIAL RESPONSÁVEL, para certificar que os guardas municipais iriam cumprir as ordens recebidas. Entretanto não contava que fosse ser reconhecido pelos moradores de ruaFomos para outro prédio, em 30 minutos os 03 guardas apareceram lá dizendo: 

 
"  Vocês vão ter que sair daqui. Nosso chefe passou de carro viu vocês aqui e deu nos deu ordens para botarem vocês para fora. Por nós vocês ficavam, mas se não cumprirmos a ordem, serem suspensos "

 
No 3º prédio apareceu um homem se fazendo de bêbado, querendo "AGARRAR" Dênia Passos. Ela gritou pelo colega. O homem se fez de besta, fingindo estar bêbado e foi embora.


HOJE Á NOITE DÊNIA PASSOS VAI VOLTAR A DORMIR NA ALERJ.




--------------------------------------------------------------------------------------------



Dênia Passos acabou de " entregar as chaves " do quarto em que morava, na imobiliária LIBERTY. Saiu com a "roupa do corpo", pois não tinha como carregar a mudança, nem aonde deixa-la. 



O pouco que possuia ficou no quarto: Fogão 04 bocas com botijão grande, cama, televisão, rádio/CD (novo), espelho grande, quadro, cortinas, tapetes, utensílios de cozinha (tudo novo!), roupas, sapatos, cosméticos em geral (até shampoo e creme). Não havia como levar NADA!
 





-------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Governo brasileiro "ANIQUILOU" a vida financeira, pessoal, sentimental e social de Dênia Passos, através da perseguição política da qual ela é vítima.

 

O aluguel vence no dia 05 de julho, e como não tem dinheiro, terá que voltar a morar nas ruas. Como já passou por essa experiência sabe exatamente como sobreviver, arrumar comida e aonde é possível tomar banho.



Dênia Passos "DORMIRÁ" no calçadão do PRÉDIO DO ANEXO DA ALERJ, na Praça Quinze.


Quando foi moradora de rua, era no PRÉDIO DO ANEXO DA ALERJ que Dênia Passos dormia. Que infelizmente nos dias de chuva e nos finais de semana sempre LOTA !!!



Dênia Passos está
"consciente de sua atitude" e "muito tranquila", pois na época em que ainda não era uma pessoa conhecida "recebia sutilmente ajuda". Agora que se tornou uma pessoa pública, "ÓBVIAMENTE NÃO VÃO DEIXAR LHE FALTAR NADA".

 

É nesse "calçadão" do prédio da foto abaixo que Dênia Passos vai dormir, à partir de 05 de julho de 2012.


--------------------------------------------------------------------------------------------------------




Quando Dênia Passos foi moradora de rua ...  


Livro com relato do "ATAQUE" que Dênia Passos sofreu pelos funcionários da prefeitura à mando de EDUARDO PAES , SÉRGIO CABRAL E RODRIGO BETHLE.





Em "MAIO DE 2010", após Dênia passos enviar a "CARTA ABERTA AO PRESIDENTE LULA", acusando-o de ser o mandante das 03 tentativas de assassinato de Felipe, Dênia Passos foi "atacada pelas moradoras do casarão aonde vivia, espancada e jogada na rua com o roupa do corpo".  Sem ter para aonde ir, foi morar na rua, aonde foi novamente "ATACADA PELA TROPA DE CHOQUE" 




Grande detalhe desse ATAQUE: Dênia Passos foi levada à força para a Ilha do Governador é lá quando deu seu nome ao funcionário da prefeitura (havia 02), o colega desde, que estava ao seu lado exclamou: Ah! É ESSA A VERIDENIA ???

O colega imediatamente o olhou com REPROVAÇÃO, e este calou-se. Isto demonstra que a tropa de Choque recebeu ordens para ir BUSCAR UMA MULHER DE NOME VERIDENIA, e leva-la  para um abrigo na Ilha do Governador, pois ao chegar, Dênia Passos já estava sendo esperada pelos funcinários.


Quanto esses ATAQUES ocorreram, Dênia Passos, já era a  NOIVA DE EIKE BATISTA. Isso comprova que a noiva do  homem mais rico do Brasil, foi jogada na rua para ser mendinga, dormia em cima de papelões  e comia os restos que os restaurantes lhe davam.

Quem responde por isso?  Sérgio Cabral?  Eduardo Paes?  Rodrigo Bethlte?



Fato é: Esse ATAQUE pode ser comprovado.  Ele foi relatado por um morador de rua intelectualizado, chamado Carlos Albuquerque, que além de escrever um livro, relatando o fato, divulga vídeos na internet.

 

Dênia Passos teve um curto contato com CARLOS ALBUQUERQUE  por e-mail. Sabia de uns escritos, mas assim que este comunicou que divulgou um livro, e que havia entrado em contato com SÉRGIO CABRAL, EDUARDO PAES e RODRIGO BETHLE, Dênia Passos afastou-se imediatamente.



 

Dênia Passos já trabalhou na produção de 01 livro e sabe exatamente do trabalho e alto custo que requer, por isso ela acredita que ALGUÉM PAGOU os custos do livro para CARLOS ALBUQUERQUE  .Por quê?  pra quê? Qual a intenção ?

O contato de Dênia Passos e Carlos de Albuquerque se deu da seguinte forma:  Um dia ele apareceu  em sua frente, procurando conversa. Disse que havia presenciado o ATAQUE da tropa de choque. Dênia Passos entretanto não se lembrava dele, talvez por causa do nervosismo. Este relatou o ocorrido "em detalhes" e disse que havia escrito tudo e pediu o e-mail para enviar-lhe. Após tomar conhecimento, de que Carlos de Albuquerque, entrou ou tentou entrar em contato com Sérgio Cabral, Eduardo Paes e Rodrigo Bethle, Dênia Passos CORTOU O CONTATO!  Esse morador de rua, frequenta até hoje, a rua do Passeio, Cinelândia, e Lapa. 

 
Vídeo de Carlos de Albuquerque:


 




O Choque de Ordem... Equivocado



     


Apesar de um mundo aparentemente aberto para o humanismo, ainda será forte, em tempos de acesso, a cada dia, de mais e mais pessoas à Internet, pensamentos ditadores e equivocados à moda antiga. Onde o ser humano pobre e sem acesso às boas coisas da vida que o dinheiro pode comprar, sofre cada vez mais com a exclusão, a ocultação, o cerceamento de direitos básicos, e principalmente pela falta de ouvidos imparciais e mais atentos para lhes dar atenção. Penso que estamos evoluindo sim, mas ainda a passos lentíssimos, para que o país comece a perceber que poderia dar oportunidade para que as pessoas fossem ouvidas mais de perto e não ser tratadas como lixo. Não adianta tentar acabar com a violência apenas pela força como o projeto do Governador Sérgio Cabral, com a implantação das UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), aqui nas favelas do Rio, e o Choque de Ordem do Secretário do SEOP - Secretaria Especial da Ordem Pública, Alex Costa, comandado do Prefeito Eduardo Paes. Acho interessante, a intenção do governo, porém seria complementar ao seu projeto, tentar se aproximar, imparcialmente e sem discriminação das pessoas de rua, e de todas as pessoas que estão fora do circuito endinheirado da cidade e que, se poderiam se tornar bons contribuintes para o crescimento do nosso país. Dirijo-me, aqui, ao Governo e à Prefeitura do Rio, pois é aqui que resido atualmente e enxergo de perto os problemas. Mas a situação descrita nesse livro é apenas um exemplo mais radical da forma ineficiente de combate às pessoas, consideradas inimigas da sociedade e que está entranhada na sociedade mundial em quase toda parte do planeta. Poucos são os países que aproveitam com eficiência e lógica cada mente surgida no cenário da nação.

Impresso
R$ 32,58

Ebook (PDF)
R$ 18,09


Tema:
Ciências Humanas e Sociais Palavras-chave: albuquerque, alex, carlos, choque, cinelândia, costa, de, eduardo, guarda, janeiro, morador, municipal, ordem, prefeito, prefeitura, pães, rio, rua, teatro

Características

Número de páginas: 108
Edição: 1(2010)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.







-------------------------------------------------------------------------



E-mail 06 - 06 de agosto de 2010


                                             


Date: Fri, 6 Aug 2010 22:23:24 -0300
Subject: Re: Lançamento: O Choque de Ordem... Equivocado
From: livro-choquedeordem-equivocado@carlosdealbuquerque.net
To: livro-choquedeordem-equivocado@carlosdealbuquerque.net


Olá pessoal,
Enviei pelo Twitter, o link do livro pro Secretário Alex Costa, pro Prefeito Eduardo Paes e pro Governador Sérgio Cabral. Uma assessora (é o que acho... Karoline 1510) do secretário anterior (Rodrigo Bethlem) passou a me seguir no Twitter. Aí mandei. Confira abaixo. Estou montando um site exclusivamente pra divulgar o livro: www.carlosdealbuquerque.net CONFIRA!
@SergioCabralRJ Um Choque de Ordem no Choque de Ordem. Olá secretário Alex Costa, muito prazer em seguí-lo literamente http://migre.me/12TZV
@eduardopaes_ Um Choque de Ordem no Choque de Ordem. Olá secretário Alex Costa, muito prazer em seguí-lo literamente http://migre.me/12TZV half a minute ago via web 

@choquedeordem Um Choque de Ordem no Choque de Ordem. Olá secretário Alex Costa, muito prazer em seguí-lo literamente http://migre.me/12TZV 5 minutes ago via web 











E-mail 04 - 28 de maio de 2010
                                                           ( 4º e-mail do dia 21:53:34 )

Date: Fri, 28 May 2010 21:53:34 -0200
Subject: Outro trecho que achei.
From: carlosdealbuquerque@gmail.com
To: casofelipe@hotmail.com


Outro trecho que achei.



A chegada

Enfim chegamos. O combóio encosta em cima do acostamento a um metro e meio do muro, do suposto Albergue. Digo suposto, porque na verdade, é uma velha creche abandonada e que a prefeitura escolheu para fazer a triagem, segundo um funcionário. Segundo ele ainda, esta é a função daquele ambiente, até se reservar um hotel para gente. Você acredita nisso? Pois é, nem eu acreditei. Abriram a porta da Kombi e nos chamaram um a um, pelo nome. Entramos em fila, para que um funcionário revistasse as bolsas, sacos, sacolas e/ou mochilas de quem tivesse. Para verificar se não tinha material cortante, faca, estilete e etc...

FALA DE VC A PARTIR DAQUI Enquanto a fila andava, um dos funcionários prefeituráveis do comboio, trouxe, a força, a mulher, que estava nervosa e não parava de falar. Logo em seguida jogou aos seus pés um saco com os pertences dela, no que ela devolveu verbalmente: “Porque você não joga assim no c... da sua mãe!!! Ele se limitou a dizer: “Pegue aí e fique quieta”! “Vai tomar no c...”! Olha, não sei para quê vocês me trouxeram aqui”! Disse ela. Um funcionário da casa responsável pela triagem e de prancheta na mão, disse: “Cadê suas coisas”? Olha aí que ele jogou no chão, como se fosse lixo... Eu não sou lixo não, certo”! “Olha, se controle”, disse o funcionário. Há mais de duzentas pessoas aí dentro e se a senhora ficar agitando, vai acordar todo mundo e pode provocar tumulto. “É”? Eles me agrediram! Ele torceu meu braço, que está doendo até agora...”! “Eu não posso saber o que fizeram com a senhora”. “Mas eu não quero e nem sou obrigada a ficar aqui não! O que isso aí tem a me oferecer? Nada! Aí não tem nada para me oferecer”.

Nesse meio tempo, a equipe largou a gente lá e foi embora. O funcionário, com pinta de classe média alta, de uns um metro e noventa de altura, cabelos curtos cacheados e tatuagem no braço esquerdo, disse: “Olha, a senhora não é obrigada a ficar, se for para ficar assim, pode ir embora, pois não podemos obrigar ninguém a ficar aqui”. “É”? Observou ela. “Mas eles vão me dar a passagem de volta, vão me levar e me colocar onde eu estava”? “Não! Eles já foram até embora, e dinheiro de passagem não tem. Mas se a senhora quiser pode sair antes de fecharmos os portões”. “Vou mesmo”. Antes disso, de acordo com o diálogo dela com o funcionário, que procurava levar a situação numa boa, ela se acalmando, perguntou: Não tem como conseguir uma bolsa aluguel!? Vocês podem ver isso para mim? Hein! Podem”!?! “Isso só amanhã com a assistente social. Agora não há como”. “Então, vou embora”. E saiu finalmente! 

Em 28/05/10, Carlos de Albuquerque <carlosdealbuquerque@gmail.com> escreveu:



Oi Dênia,
A vítima agora tem nome!! (risos) 
Trecho que fala de vc. Agora preferia que vc lesse e ficasse pra vc até que eu lhe mande um e-mail avisando sobre o livro. Isso é apenas o trecho que fala de vc, então não adianta passar pra frente agora. Quando tiver pronto lhe aviso. Da semana que vem não passa. Lhe garanto. Essa segunda parte escrevi agora ao lhe mandar e entrará no livro. Abraços!



título do livro:

 O Choque de Ordem para recolher Moradores de Rua do Rio, em sua veia completamente equivocada...




Os gritos de socorro

Seguimos para a Praça que fica ao lado da Embaixada Americana, depois de pista, e também ao lado do Ibmec. Lá umas das cenas mais dramáticas. Uma senhora, de uns 40 anos, estava dormindo no monumento, quando chegou a equipe. Acordaram-na bruscamente e disseram que ela ia com eles. Mas ela disse que não ia para lugar nenhum e que a deixassem em paz. Mas eles disseram: “Você vai, e não resista”. Ela resistiu. Foram uns três ou quatro para cima da frágil mulher* e ela começou a berrar, gritar com todas as forças dos pulmões: “Socorro!!! Socorro!!! Me largue, me deixe em paz”!!! Mas eles pegaram a força! “Socorro! Estou sendo agredida, socorro”!!! Não sou obrigada a ir para lugar nenhum! Aí... Um dos agentes deu uma torção no braço dela, que para quem via de longe, parecia doer muito, ela ia na frente dos dois, e o que segurava seu braço esquerdo, o pegava com alguma técnica de luta, pois o braço dela virou um (V) apontado para o chão enquanto ela gritava e gritava!!! Até alguns de nós ficamos comentando. “Olha só! Covardia”!!!! Depois dessa bizarra cena, no qual ela foi encarcerada numa das viaturas da equipe, seguimos caminho!

* Encontrei hoje a Dênia Passos que se mostrou como eu já imaginava. Uma pessoa educada e estudada. O choque de Ordem está sem critério algum. Qualquer um que tiver por aí na madrugada, até por umas cachaças eles pega, se for preciso à força e levam para os Albergues. Ela, foi uma dessas, O paulista também. Mas na segunda vez que me capturaram tinha, no mocro ônibus, uma rapaz todo vestido de grife, e era visível que ele não era morador de Rua. Mas não teve conversa. Foi junto.







Indice

Como surgiu a idéia de escrever esse livro e porque ----------------------------------

Um momento já previsto -------------------------------------------------------------------

O dia do bote dos "capangas" prefeituráveis! -------------------------------------------

A reviravolta ----------------------------------------------------------------------------------
Os gritos de socorro ------------------------------------------------------------------------A estrada, em direção ao albergue na Ilha do Governador ---------------------------

A chegada -------------------------------------------------------------------------------------

A refeição -------------------------------------------------------------------------------------

A fila dos colchões --------------------------------------------------------------------------

O banheiro -----------------------------------------------------------------------------------

A saída do "Albergue" ---------------------------------------------------------------------

Capturados novamente --------------------------------------------------------------------

A ineficiência (Conclusão) ----------------------------------------------------------------
Em 28/05/10, Dênia Passos <casofelipe@hotmail.com> escreveu:
Agressão em frente ao consulado americano no Rio de Janeiro.

Dênia Passos




------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


E-mail 03 - 28 de maio de 2010
( 3º e-mail do dia  19:49:38 )




Date: Fri, 28 May 2010 19:49:38 -0200
Subject: Veja o trecho em negrito que aumentei
From: carlosdealbuquerque@gmail.com
To: casofelipe@hotmail.com


Oi Dênia, aumentei o trecho que fala sobre vc na segunda parte. Veja.

título do livro:
 O Choque de Ordem para recolher Moradores de Rua do Rio, em sua veia completamente equivocada...



Os gritos de socorro

Seguimos para a Praça que fica ao lado da Embaixada Americana, depois de pista, e também ao lado do Ibmec. Lá umas das cenas mais dramáticas. Uma senhora, de uns 40 anos, estava dormindo no monumento, quando chegou a equipe. Acordaram-na bruscamente e disseram que ela ia com eles. Mas ela disse que não ia para lugar nenhum e que a deixassem em paz. Mas eles disseram: “Você vai, e não resista”. Ela resistiu. Foram uns três ou quatro para cima da frágil mulher* e ela começou a berrar, gritar com todas as forças dos pulmões: “Socorro!!! Socorro!!! Me largue, me deixe em paz”!!! Mas eles pegaram a força! “Socorro! Estou sendo agredida, socorro”!!! Não sou obrigada a ir para lugar nenhum! Aí... Um dos agentes deu uma torção no braço dela, que para quem via de longe, parecia doer muito, ela ia na frente dos dois, e o que segurava seu braço esquerdo, o pegava com alguma técnica de luta, pois o braço dela virou um (V) apontado para o chão enquanto ela gritava e gritava!!! Até alguns de nós ficamos comentando. “Olha só! Covardia”!!!! Depois dessa bizarra cena, no qual ela foi encarcerada numa das viaturas da equipe, seguimos caminho!

* Encontrei hoje a Dênia Passos que se mostrou como eu já imaginava. Uma pessoa educada e estudada. O choque de Ordem está sem critério algum. Qualquer um que tiver por aí na madrugada, até por umas cachaças eles pega, se for preciso à força e levam para os Albergues. Ela, foi uma dessas, o paulista também. Mas na segunda vez que me capturaram tinha, no micro ônibus, uma rapaz todo vestido de grife, e era visível que ele não era morador de Rua. Mas não teve conversa. Foi junto. ela, bastante simpática disse que encontrou o paulista depois, outro dia e riu muito da situação, e disse que ele comentou que incentivou ela a gritar com eles, e é verdade, pois eu estava na Kombi com ele e realmente ele dizia: É. É isso aí! Grita com eles mesmo! Vai grita mais! Grita mais!!! Mais alto! Um outro comentou: "Cadê a imprensa para ver isso"? Ela meio envergonhada por ter dirigido palavras de baixo calão ao funcionário, se desculpou, sorrindo e justificou que não é assim não, mas o golpe que deram no seu braço, realmente doía muito. Ela também comentou sobre a questão de que tinha dois policiais presenciando tudo, mas nada fizeram. "Eles estavam lá olhando toda a situação e nada fizeram. Tinha que vir aqui. Pedir meu documento, me identificar... Mas não! Ficaram só olhando", disse. O problema Dênia é que dentro da própria equipe do Choque de Ordem tinha dois policiais civis, segundo me informou uma moradora de rua que trabalha na reciclagem com o Moisés. Então realmente não havia o que os policiais pudessem fazer, pois já havia duas autoridades a mando da prefeitura no comboio. Ela relatou que naquele dia ainda estava meio sem destino, mas que muitas pessoas ficaram sabendo o que fizeram com ela e a ajudaram, pois ela perdeu seus pertences porque a levaram à força, ficou tudo ali jogado, e quando ela voltou já não achou mais. Ela disse que trabalha com artesanato. Ela estava almoçando e disse que não podia dar muita atenção, pois estava comendo rápido para voltar ao trabalho, pois estava com horário apertado. apesar disso, foi bastante simpática. Nada do que a prefeitura pudesse imaginar nesta pessoa, assim como não pode imaginar em nós, Moradores de Rua, que não conhece por dentro. Só por fora pela capa do preconceito e má análise.



Em 28/05/10, Dênia Passos <casofelipe@hotmail.com> escreveu:
Agressão em frente ao consulado americano no Rio de Janeiro.

Dênia Passos



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E-mail 02 - 28 de maio de 2010
( 2º e-mail do dia  19:21:42  horas)




Date: Fri, 28 May 2010 19:21:42 -0200
Subject: Re: Dênia passos
From: carlosdealbuquerque@gmail.com
To: casofelipe@hotmail.com



Oi Dênia,
A vítima agora tem nome!! (risos) 
Trecho que fala de vc. Agora preferia que vc lesse e ficasse pra vc até que eu lhe mande um e-mail avisando sobre o livro. Isso é apenas o trecho que fala de vc, então não adianta passar pra frente agora. Quando tiver pronto lhe aviso. Da semana que vem não passa. Lhe garanto. Essa segunda parte escrevi agora ao lhe mandar e entrará no livro. Abraços!



título do livro:
 O Choque de Ordem para recolher Moradores de Rua do Rio, em sua veia completamente equivocada...



Os gritos de socorro

Seguimos para a Praça que fica ao lado da Embaixada Americana, depois de pista, e também ao lado do Ibmec. Lá umas das cenas mais dramáticas. Uma senhora, de uns 40 anos, estava dormindo no monumento, quando chegou a equipe. Acordaram-na bruscamente e disseram que ela ia com eles. Mas ela disse que não ia para lugar nenhum e que a deixassem em paz. Mas eles disseram: “Você vai, e não resista”. Ela resistiu. Foram uns três ou quatro para cima da frágil mulher* e ela começou a berrar, gritar com todas as forças dos pulmões: “Socorro!!! Socorro!!! Me largue, me deixe em paz”!!! Mas eles pegaram a força! “Socorro! Estou sendo agredida, socorro”!!! Não sou obrigada a ir para lugar nenhum! Aí... Um dos agentes deu uma torção no braço dela, que para quem via de longe, parecia doer muito, ela ia na frente dos dois, e o que segurava seu braço esquerdo, o pegava com alguma técnica de luta, pois o braço dela virou um (V) apontado para o chão enquanto ela gritava e gritava!!! Até alguns de nós ficamos comentando. “Olha só! Covardia”!!!! Depois dessa bizarra cena, no qual ela foi encarcerada numa das viaturas da equipe, seguimos caminho!

* Encontrei hoje a Dênia Passos que se mostrou como eu já imaginava. Uma pessoa educada e estudada. O choque de Ordem está sem critério algum. Qualquer um que tiver por aí na madrugada, até por umas cachaças eles pega, se for preciso à força e levam para os Albergues. Ela, foi uma dessas, O paulista também. Mas na segunda vez que me capturaram tinha, no mocro ônibus, uma rapaz todo vestido de grife, e era visível que ele não era morador de Rua. Mas não teve conversa. Foi junto.



Em 28/05/10, Dênia Passos <casofelipe@hotmail.com> escreveu:
Agressão em frente ao consulado americano no Rio de Janeiro.

Dênia Passos







-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E-mail 01 - (28 de maio de 2010)
                                                        (  01º e-mail do dia -  13:00 horas )



> Date: Fri, 28 May 2010 13:00:00 -0700
> From: carlosdealbuquerque@gmail.com
> To: casofelipe@hotmail.com
> Subject: Que bom ter você na minha lista de amigos Re: Dênia passos
>
> Fico feliz por você fazer parte da minha vida e de saber um pouco de
> mim, e contribuir, nem que seja apenas com uma palavra de carinho, ou
> mesmo quando briga comigo, por se preocupar com os rumos que tenho
> tomado na vida. Você é muito importante e quero que tenhas todo dia,
> momentos especiais, maravilhosos e produtivos.
>
> --
> Um Grande Abraço!!!
> Tenha Um Dia Feliz!!!
> Realize Todos os Seus Sonhos!!!
> Tenha Calma e Tranqüilidade...
>
> Carlos de Albuquerque
> www.carlosdealbuquerque.com
> www.twitter.com/cdalbuquerque
> www.myspace.com/carlosdealbuquerque
> www.carlosdealbuquerque.blogspot.com
>
> A Big Hug!!!
> Have a Nice Day!!!



> Perceive All of Your Dreams!!!
> Be Calm and Tranquil...
>
> Carlos de Albuquerque





Nenhum comentário:

Postar um comentário